Notícias - Dicas para mães

Cuidados e dicas para os pais nos sete primeiros dias de vida do bebê recém-nascido

Cuidados e dicas para os pais nos sete primeiros dias de vida do bebê recém-nascido

Por EME Equipment em 28/01/2019

Finalmente o novo membro da família chegou, todos estavam ansiosos e apreensivos na expectativa e torcida para que tudo ocorresse bem. Nessa hora o primeiro choro é um alívio para toda a família, e pronto, chegou o bebê recém-nascido.

Os familiares vem conhecer e vão embora, geralmente ficam apenas os pais, e por mais revistas e sites que tiverem lido, quando aquela pequena vida que tanto esperavam chega ao mundo e torna uma realidade, muitos ficam sem saber o que fazer.

A fragilidade do bebê molinho e o choro quase sem forças muitas vezes deixam os pais desorientados, sem saber o que fazer e como prosseguir, mas, a “mother nature” (mãe natureza), é perfeita, não demora muito para todos estarem entrelaçados em um círculo de amor, companheirismo e respeito. Aquela vidinha, por mais frágil que seja, já luta em parceria com a família para se ajeitar no mundo e rapidamente começa a criar seus hábitos e rotina. O começo da vida é lindo!

Para que este momento único seja vivido com mais tranquilidade, trouxemos dicas para os pais lidarem com menos dificuldade com a chegada do bebê recém-nascido.

Dicas para os sete primeiros dias da vida do bebê recém-nascido

1-  O silêncio é importante

“Uma recém-mãe com um bebê recém-nascido nos braços, rodeada de gente falando sem parar”. Quem já se deparou com essa situação? Pois é, se coloque no lugar daquela criança, ela acaba de chegar ao mundo, só quer descansar de tanto trabalho, 42 semanas (as vezes um pouco mais ou pouco menos) crescendo em uma estufa apertada, porém silenciosa e, de repente, você nasce e do nada te colocam numa “rave”, já imaginou o quão desgastante pode ser?

Nos primeiros dias de vida o bebê procura criar laços de segurança e afeto com os pais, principalmente com a mãe, tudo o que ele precisa é de paz para poder se reconectar com sua gestora.

A dica aqui é evitar visitas, pelo menos nos primeiros sete dias de vida da criança, se não puder evitar, que a visita seja o mais breve possível, não é falta de educação não querer receber visita após o nascimento do bebê, até porque a mãe também estará esgotada. Esses primeiros dias são para ambos descansarem, mãe e filho(a).

2- Acessórios

Não há necessidade alguma em colocar laço, boné ou broche em um bebê recém-nascido, pois ele está acostumado a ser livre, até as roupas já o incomodam, imagine adereços, o bebê não é boneco, é uma vida humana que está começando, ele(a) só quer paz para se desenvolver. Não há necessidade alguma para “fashionismo” com o pequeno ser de dias de vida. Caso a família ou pais insistam em “emperiquitar” a criança, procure o fazer através das roupinhas, e que estas sejam de algodão e o mais confortável possível.

3-  Amamentação

Sim, ele ou ela vai mamar toda hora na mãe até os três meses de vida, a mãe é a única provedora de alimento da criança, portanto. pais ou familiares que estejam próximos devem dar paz e tranquilidade para que essa mãe possa executar essa importante tarefa na vida e saúde do bebê. A casa pode não permanecer arrumada o tempo todo, nem os afazeres em dia, mas o importante é que esta criança que acaba de chegar esteja bem nutrida e protegida através do leite materno.

4 – Revesamento

Uma hora essa mãe vai precisar dormir, a dica aqui é que o parceiro ou parceira da genitora trate logo de criar laços com o bebê recém-nascido para revesar os cuidados do neném com a mãe. Recém-nascidos tendem a querer ficar “pendurados” na mãe dia e noite, porque as pessoas ao redor pensam que somente ele é capaz de cuidar, devido a necessidade do leite, então NÃO FUJAM DA RAIA. Hoje existem bombas de leite que permite que a mãe faça uma reserva de leite para que outro cuidador possa alimentar a criança. A mãe precisa descansar para continuar sua jornada.

5 – Paciência

É comum o bebê sentir muita cólica, isso acontece porque os órgãos internos dele são novos e estão aprendendo a fazer digestão. Muitas vezes, quando a criança começa a chorar sem parar, os pais ficam apreensivos e desesperados, o bebê começa a ficar inseguro ao sentir o nervosismo dos pais e fica mais inseguro ainda. A dica neste tópico é respirar fundo, tirar a roupa do bebê, pegar aquele óleo gostoso que você comprou pra ele e começar a massagear a barriguinha, pegando em todo o corpo dele até ps pés, de forma que o bebê sinta segurança novamente, ele vai relaxar e você vai acabar curtindo cada pedacinho do seu filho.

Fonte: https://bit.ly/2HC2jsc

Esperamos que essas dicas tenham ajudado vocês. Se gostou desse artigo clique no botão a seguir e se inscreva para receber semanalmente artigos relacionados à amamentação e dicas para mães.

Quero saber mais sobre amamentação

Matern Milk e a EME Equipment apoiam o aleitamento materno.

Aproveite para seguir nossa página no Facebook Instagram.

Compartilhar essa publicação
Comentar essa publicação

Assine nossa newsletter

Digite seu e-mail e receba notícias e novidades

Categorias

Encontre um representante

e solicite seu orçamento